Processo de produção das chapas de aço | TetraferroAs chapas de aço são produtos planos que passam por processo industrial para atender as exigências dos usuários finais com propriedades como composição química e mecânica, além de outras características que permitem que as mesmas sejam aplicadas em diferentes segmentos da indústria metal mecânica.

Existem diversas aplicações possíveis para as chapas de aço. Estas estão associadas ao processo de produção, que resultam nos tipos de chapas abaixo indicados:

  • Chapas grossas;
  • Chapas laminadas a quente;
  • Chapas Xadrez;
  • Chapas laminadas a frio;
  • Chapas Galvanizadas;

As chapas apresentam diferentes propriedades para que ofereçam resultados específicos nas suas diversas aplicações.

As chapas grossas têm a possibilidade de ser produzidas com uma gama de propriedades muito ampla, suas aplicações são as mais variadas como por exemplo: Naval, Equipamentos Pesados, Óleo e Gás, Setor Energético e outros.

As principais características das chapas laminadas a quente definem suas aplicações que estão voltadas para os seguintes segmentos: Perfis, Construção Civil, implementos rodoviários, agrícolas, entre outros.

As chapas xadrez são também conhecidas como chapa de piso, pois o relevo que a caracteriza faz com que ela seja antiderrapante e possa ser aplicada em construções, rampas e pisos industriais.

Já a chapa laminada a frio é usada principalmente na produção de eletrodomésticos, linha branca, painéis, luminárias, etc. pois possui um acabamento mais refinado o qual possibilita maior flexibilidade e maleabilidade.

As chapas galvanizadas, por exemplo, possuem várias aplicações em função das suas propriedades térmicas, acústicas e também da resistência a corrosão obtidas pelo revestimento feito com zinco que aumenta a durabilidade do produto.

Os laminados de aço podem ser comercializados em formato plano ou em bobinas, exceto no caso da chapa grossa que devido ao seu processo de fabricação não pode ser bobinada.

Ao adquirir uma chapa, independentemente do tipo, é necessário ter confiança no fornecedor para que os produtos atendam todas as normas de qualidades tais como: NBR, SAE, ASTM, API e JIS.

Processo de produção das chapas de aço

A produção das chapas de aço tem início na mineração, com a extração do minério da natureza.

Esse material é encaminhado para a usina siderúrgica onde ocorre a transformação do minério em ferro gusa no alto forno, eliminando os demais componentes que não sejam ferro, como terra e outras impurezas.

Depois desse processo é a vez da aciaria, onde o ferro gusa é convertido em placa de aço, sendo que na aciaria podem ser inseridos diferentes elementos químicos para obter diversos tipos de aço.

Com a placa de aço produzida é realizada a laminação que consiste na transformação desta em bobinas e posteriormente em chapas de aço. No caso das chapas grossas, como acima explicado, é impossível seu bobinamento.

No Laminador de Tiras a Quente (LTQ) se fabricam as bobinas laminadas a quente e as bobinas xadrez (piso), que em processo posterior podem ser cortadas em chapas, laminadas a quente ou xadrez (piso).

No Laminador de Tiras a Frio (LTF), cuja matéria prima são as bobinas laminadas a quente, são produzidas as bobinas laminadas a frio, que também podem ser cortadas em chapas laminadas a frio, em um processo posterior.

A chapa galvanizada é produzida a partir da bobina laminada a frio que após passar por um processo industrial chamado galvanização (deposição de zinco na superfície) resulta na bobina galvanizada. Após este processo, é feito o corte das bobinas para obter-se as chapas galvanizadas.

Chapas de aço na Tetraferro

A Tetraferro é uma empresa atacadista na distribuição de aço, possui as chapas comentadas anteriormente em estoque. Entre em contato e solicite um orçamento, nossa equipe comercial está preparada para atender suas necessidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
LinkedIn
Instagram